Skip to main content

Você sabe o que fazer em caso de enxerto ósseo dentário saindo? Os enxertos ósseos são procedimentos cirúrgicos que consistem na colocação de biomaterial ósseo na área onde há perda óssea significativa. Essa técnica é muito utilizada na odontologia para reconstruir a estrutura óssea que suporta os dentes, principalmente em casos de perda dentária ou periodontite avançada. 

Tipos de substitutos ósseos

Existem diversas indicações para o enxerto ósseo, e a escolha do melhor tipo de enxerto dependerá das condições clínicas do paciente e da extensão da perda óssea. Os biomateriais para enxerto ósseo podem se apresentar em forma de bloco ou em forma de grânulos. Em relação ao tipo do material, podemos ter materiais autólogos, xenógenos, alógenos ou sintéticos.

A escolha do material geralmente será feita pelo profissional de acordo com as particularidades de cada caso e a preferência relacionada à facilidade de utilização ou rapidez de neoformação óssea.

Quanto à cirurgia em si, é um procedimento cirúrgico relativamente simples, mas requer habilidade e competência do profissional, que deve sempre estar atualizado com a evolução das técnicas. 

Enxerto ósseo dentário saindo: Pós cirúrgico e complicações

Assim como acontece em todos os procedimentos cirúrgicos odontológicos, a recuperação e os cuidados no pós-operatório são parte importantíssima para o sucesso do tratamento. Tais cuidados podem variar dependendo do tipo de enxerto e das recomendações de cada profissional.

Da mesma maneira, é comum haver complicações nesse tipo de tratamento, e a mais relatada é sobre o material do enxerto ósseo dentário saindo. Esta situação pode acontecer pelos seguintes motivos:

  1. Se o biomaterial utilizado for na apresentação de grãos, isso pode ocorrer de maneira fisiológica nos primeiros dias, já que as partículas não ficam bem unidas entre si;
  2. Se o biomaterial utilizado, seja ele na apresentação de grãos ou blocos,  estiver se desprendendo como consequência de um processo inflamatório patológico, como sinal de infecção no leito que recebeu o enxerto;
  3. Se o biomaterial utilizado, seja ele na apresentação de grãos ou blocos, estiver trazendo ao paciente uma reação de corpo estranho e o expulsando como forma de rejeição.

Aprenda quais são Todos os cuidados pós-implante dentário. Clique aqui! 

Enxerto ósseo dentário saindo: O que se deve fazer nesses casos?

É essencial buscar a orientação do profissional para avaliar a situação específica e determinar a melhor abordagem. Com uma avaliação precisa, será identificado  a causa e o plano de tratamento pode ser ajustado, caso necessário, para que se tenha uma conduta assertiva. Em alguns casos pode ser recomendado:

  1. o uso de antibioticoterapia e outras medicações, em casos de infecções;
  2. remoção do enxerto ósseo, em casos de rejeições;
  3. ou simplesmente acompanhamento, em casos  fisiológicos.

A comunicação aberta e regular com o cirurgião-dentista é crucial. Não se deve ocultar qualquer desconforto, alteração ou sensação de enxerto ósseo dentário saindo, o profissional irá ajudar e orientar em cada etapa do tratamento, garantindo o melhor resultado possível para sua saúde bucal.

Enxerto ósseo dentário saindo: Considerações Finais

Deve-se ressaltar que essas são abordagens gerais e podem variar dependendo do tipo de enxerto ósseo realizado, das características individuais do paciente e das recomendações específicas do profissional. É fundamental seguir todas as orientações fornecidas para garantir a recuperação adequada e os melhores resultados do procedimento de enxerto ósseo, evitando assim maiores complicações.

Gostaria de saber mais sobre o tema ou conhecer os produtos disponíveis na Implantec Brasil?

Entre em contato com um dos nossos especialistas e tire todas as suas dúvidas.