Skip to main content

I-PRF odontologia: Os produtos biológicos têm obtido um interesse crescente como um produto primário em diversas modalidades de tratamento. Um desses produtos biológicos é a fibrina rica em plaquetas (PRF), que é um derivado sanguíneo autólogo obtido por meio de centrifugação. Os concentrados de plaquetas são ricos em fatores de crescimento, incluindo fator de crescimento derivado de plaquetas (PDGF), fator de crescimento transformador (TGF-b1), fator de crescimento endotelial vascular (VEGF) e fator de crescimento semelhante à insulina (IGF). Além da fibrina, plaquetas e proteínas plasmáticas, o PRF inclui um grande número de leucócitos. 

 

O envelhecimento facial

O processo de envelhecimento resulta em modificações nas proporções das estruturas faciais, que durante a juventude apresenta-se como uma forma de trapézio invertido, com o terço médio da face bem definido, e com o passar do tempo os contornos e o volume facial são perdidos, tornando a face com forma de quadrado, além das rugas,  manchas, alterações de textura, flacidez, sulcos, queda da pálpebra superior, entre outros.

O envelhecimento da pele é consequência de múltiplos fatores e podem ser divididos em  intrínsecos e extrínsecos, que são interrelacionados e que contribuem de forma significante para  a  manifestação  dos  principais  sinais  do  envelhecimento:

  1. Envelhecimento extrínseco: também conhecido como fotoenvelhecimento, se deve às excessivas exposições aos raios ultravioletas (UVA, UVB e luz visível), que estimulam a formação dos  radicais  livres,  e  de  outros  fatores  como poluição, tabagismo, álcool e hábitos nutricionais.
  2. Envelhecimento intrínseco: é influenciado por fatores genéticos, sendo natural e inevitável. Com a idade, inicia-se um declínio das funções vitais do corpo, a redução das renovações celulares, os déficits hormonais, a diminuição de melanócitos, a deformação das fibras elásticas e redução da síntese da principal proteína responsável pela sustentação da pele, o colágeno, resultando em uma pele mais fina, com rugas e linhas.

I-PRF odontologia como bioestimulador de colágeno

O I-PRF odontologia (Injectable Platelet-Rich Fibrin) é a modalidade líquida e injetável do PRF, que pode ser utilizado em tratamentos estéticos faciais, sendo aplicado para estimular a regeneração e rejuvenescimento da pele.

Ao ser aplicado na pele, o I-PRF libera fatores de crescimento que estimulam a produção de fibras de colágeno e elastina, melhorando a vascularização e promovendo a regeneração celular. Esses efeitos ajudam a melhorar a aparência da pele, reduzindo rugas, linhas finas, flacidez e promovendo um aspecto mais saudável, hidratado e jovem.

O I-PRF pode ser aplicado de diferentes formas em tratamentos estéticos faciais, como injeções intradérmicas (intradermoterapia), microagulhamentos e sub incisões com cânulas (aplicação em bolus ou em retroinjeção). O objetivo é estimular as células da pele a produzir colágeno e melhorar sua qualidade, resultando em uma pele mais firme e rejuvenescida.

Protocolos de aplicação Cleopatra Technique TM

São preconizados alguns protocolos específicos para centrifugação. O protocolo científico atualizado para esse tipo de aplicação é de autoria da Dra. Cleopatra Nacopoulos, utilizando a centrífuga e técnica descrita por Choukroun (Centrífuga Duo Quattro Process for PRF). No caso de I-PRF, utiliza-se o tubo de coleta de plástico com 13 ml, com velocidade de 700 rpm durante cinco minutos, juntamente com o protocolo de A-PRF líquido, que também é utilizado com o tubo de plástico de 13 ml, porém com velocidade de 1.300 rpm durante cinco minutos. Com os concentrados já centrifugados, ambos são misturados para realizar o tratamento do paciente. É sugerido que o protocolo seja reaplicado de duas a três sessões, dependendo do grau de envelhecimento individual de cada paciente, em um intervalo sugerido de 30 a 60 dias.

 

Aplicações e Tratamentos

  1. Rejuvenescimento da pele: O I-PRF estimula a produção de colágeno e elastina, que são fundamentais para a firmeza e elasticidade da pele. Com o tempo, a produção dessas substâncias diminui, levando ao aparecimento de rugas e linhas finas. 
  2. Melhora da textura da pele: O I-PRF também pode melhorar a textura da pele, tornando-a mais suave e uniforme. Pode ajudar a reduzir a aparência de poros dilatados, cicatrizes de acne e irregularidades na superfície da pele.
  3. Combate à flacidez: O I-PRF estimula a produção de colágeno e elastina, o que pode ajudar a melhorar a firmeza da pele e combater a flacidez facial. Pode ser utilizado em regiões como a linha da mandíbula, bochechas e pescoço para obter um efeito lifting não cirúrgico.
  4. Redução de olheiras e bolsas sob os olhos: O I-PRF pode ser aplicado para tratar olheiras e bolsas sob os olhos. Os fatores de crescimento presentes no I-PRF podem melhorar a circulação sanguínea local, reduzindo o aspecto escuro das olheiras e ajudando a diminuir o inchaço das bolsas.

Vale ressaltar que os resultados dos tratamentos com I-PRF podem variar de pessoa para pessoa, de acordo com a resposta individual tecidual. É necessário realizar sessões múltiplas para obter resultados mais significativos, com um plano personalizado de acordo com cada necessidade.

Tudo que você precisa saber sobre I-PRF

I-PRF odontologia: Considerações Finais

A busca pela estética facial tem aumentado a cada dia. Com crescente evolução, a sociedade apresenta-se mais vaidosa e preocupada em manter a beleza facial, mesmo o envelhecimento sendo um processo natural. Com essa informação, cresce também a demanda da procura por tratamentos com materiais biológicos, por diminuírem o risco de complicações e reações adversas. O advento do I-PRF traz inúmeros benefícios, principalmente pela característica autóloga e de alta concentração de fibrina e células fundamentais para o reparo tecidual.

Se você é um cirurgião-dentista da área da harmonização orofacial, e deseja conhecer sobre o I-PRF como bioestimulador de colágeno, entre em contato com o time de consultores da Implantec Brasil e saiba mais.